Sobre

patrícia menezes graduou-se em cinema pela fundação armando álvares penteado (FAAP), em 2017. durante o curso teve a oportunidade de atuar em diferentes áreas, como direção e direção de fotografia (curtas-metragens poli e le divorce) e direção de produção (curta-metragem reciclagem atemporal). também foi diretora de arte do curta-metragem, peixes, em seu trabalho de conclusão do curso. durante o último semestre de faculdade, desenvolveu o projeto gráfico dos filmes peixes e com cassis?, o que lhe viabilizou uma vaga de design gráfico em uma das maiores produtoras do país, a gullane entretenimento.

após sua passagem pela produtora, retomou uma de suas grandes paixões: a fotografia. criou duas importantes séries: os trabalhadores e recuerdos.

em seguida, passou a trabalhar como assistente do renomado fotógrafo brasileiro, joão farkas. acompanhou seus processos de exposições nacionais e internacionais, impressão, seleção de fotografias, entre outras tarefas, que possibilitaram uma expansão de seus conhecimentos na área.

atualmente trabalha como designer gráfico na paris filmes e pretende realizar um curso de especialização em design gráfico na EBAC – escola britânica de artes criativas. realizou, em parceria com rita menezes, o documentário de aracajú a harvard – a história de um cientista brasileiro.

Patrícia Menezes graduou-se em Cinema pela Faculdade Armando Álvares Penteado (FAAP), em 2017. Durante o curso teve a oportunidade de atuar em diferentes áreas da artecinematográfica, como direção e direção de fotografia (curtas-metragens Poli e Le Divorce) e direção de produção (curta metragem Reciclagem Atemporal). Também foi diretora de arte do curta metragem, Peixes, em seu trabalho de conclusão do curso. Durante o último semestre de faculdade, desenvolveu o projeto gráfico dos filmes Peixes e Com Cassis?, o que lhe viabilizou uma vaga de Design Gráfico em uma das maiores produtoras do país, a Gullane Entretenimento.

Após encerrar sua passagem pela produtora, retomou uma de suas grandes paixões, a fotografia. Criou duas importantes séries: Os Trabalhadores e Recuerdos de 1989.

Em seguida, passou a trabalhar como assistente do renomado fotógrafo brasileiro, João Farkas. Acompanhou seusprocessos de exposições nacionais e internacionais, impressão, seleção de fotografias, entre outras tarefas, que possibilitaram uma expansão de seus conhecimentos na área. Atualmente trabalha como Designer Gráfico na Paris Filmes e faz um curso de especialização em Design Gráfico na EBAC – Escola Britânica de Artes Criativas. Está finalizando, em parceria com Rita Menezes, o documentário De Aracajú a Harvard – A história de um cientista brasileiro.